quarta-feira, 7 de novembro de 2007

Férias forçadas

Há muito que não ponho aqui qualquer postagem, mas também há meses que não faço facas.
Não porque não me apeteça terrivelmente acender a forja e dar asas à imaginação ao som da musica do martelo, mas uma irritante e persistente lesão no cotovelo tem-me obrigado a estar parado.
Há quem lhe chame “Tendinite”, “Cotovelo de tenista”, ou como lhe chama o médico “Epicondilite lateral”. Cá para mim é uma “m**da de uma dor de cotovelo lixada” que não me larga há mais de 6 meses e não me deixa fazer o que mais gosto.
Para quem como eu passa horas agarrado á forja e ao martelo , aqui vai a cópia de um artigo que encontrei na net sobre o assunto.
Previnam-se companheiros, usem uma cotoveleira elástica quando estiverem a forjar , não abusem do esforço e das horas contínuas a malhar aço. Se começarem a sentir algum sintoma de dor ataquem logo com gelo o cotovelo, reumon gel ou outra pomada anti-inflamatória e abrandem o ritmo. Mais vale parar uns dias e tratar logo disso antes que piore, que deixar andar como eu armado em campeão sem ligar á dorzita que apareceu e agora estar há mais de 6 meses sem quase poder levar um copo de agua á boca , quanto mais pegar num martelo ou até numa lima.




Cotovelo de tenista
O cotovelo de tenista (tennis elbow), conhecida tecnicamente como epicondilite do cotovelo, é uma inflamação no local de origem dos tendões da musculatura do antebraço, causada por microrupturas dos tendões junto á sua inserção no osso.
Esta lesão é a mais comum síndrome de stress do cotovelo

Um estudo recente americano conclui que existem cerca de 20 milhões de tenistas nos EUA e estimou que mais de 6O% desenvolveram a epicondilite em algum momento da sua actividade desportiva.
Apesar da denominação comum da lesão estar relacionada com o desporto, estas inflamações são uma doença profissional a que estão sujeitos pintores, carpinteiros, músicos, trabalhadores de linhas de produção e particularmente os ferreiros pela violência , esforço repetitivo e vibrações a que são sujeitos os tendões e musculatura dos antebraços no acto de forjar.
O principal sintoma é uma forte dor altamente incapacitante e localizada no lado de fora do cotovelo, por vezes com irradiação para o antebraço, sem qualquer sinal de hematoma.
Pode ter um aparecimento súbito decorrente de um esforço ou pode aparecer durante certos movimentos de uma forma leve mas que vai piorando progressivamente, podendo irradiar para o antebraço, punho e mão até ao ponto em que o individuo deixa de conseguir realizar as suas actividades habituais do dia a dia, por mais simples e leves que sejam. Algumas queixas são características, como sentir uma dor forte no cotovelo durante um aperto de mãos, ao segurar num copo, o movimento de abrir ou fechar uma porta, o simples acto de apertar um botão da camisa e começando a sentir uma nítida perda de força na mão originada pela dor.
O tratamento é efectuado através da paragem obrigatória da actividade, do repouso total, o uso de gelo por períodos de 20 minutos duas a três vezes ao dia, medicação anti inflamatória e fisioterapia . Em alguns casos de persistência dos sintomas, a lesão só pode ser resolvida com cirurgia, geralmente indicada quando o quadro persiste por um período superior a 6 meses sem qualquer resposta ao tratamento conservador.
A epicondilite na sua grande maioria melhora com o tratamento conservador, apesar de ser um processo muito lento, gradativo e que durante o período de tratamento ocasionará muitas limitações e dificuldades na actividade laboral. 0 tempo médio da recuperação situa-se entre 3 meses e um ano, podendo a lesão reincidir a todo o momento no retorno á actividade , que deve ser muito lento e gradual, tentando evitar qualquer tipo de exagero.
Não existe qualquer tipo de prevenção possível ao aparecimento da lesão, apenas o uso de cintas de apoio na zona do cotovelo e antebraço, normalmente chamadas cotoveleiras, durante o esforço, podem ajudar a prevenção, assim como o cuidado em evitar exageros de esforço intercalando períodos de descanso no esforço repetitivo. Os cabos de martelo finos, ou seja de pequeno diâmetro, obrigam a uma pega que força mais os tendões dos antebraços também contribuindo para o problema, assim como a altura a que temos a bigorna. Esta deve estar sempre a uma altura que permita bater com o braço quase esticado; assim , no momento da pancada, temos os músculos do antebraço alongados reduzindo as hipóteses de lesão por contracção, e aproveitamos ao máximo a inércia do próprio peso do martelo reduzindo muito o esforço necessário.
Fonte: Net, Soc. Port. Traumatologia


Cuidem-se,
BULL

5 comentários:

CresceNet disse...

Oi, achei seu blog pelo google está bem interessante gostei desse post. Gostaria de falar sobre o CresceNet. O CresceNet é um provedor de internet discada que remunera seus usuários pelo tempo conectado. Exatamente isso que você leu, estão pagando para você conectar. O provedor paga 20 centavos por hora de conexão discada com ligação local para mais de 2100 cidades do Brasil. O CresceNet tem um acelerador de conexão, que deixa sua conexão até 10 vezes mais rápida. Quem utiliza banda larga pode lucrar também, basta se cadastrar no CresceNet e quando for dormir conectar por discada, é possível pagar a ADSL só com o dinheiro da discada. Nos horários de minuto único o gasto com telefone é mínimo e a remuneração do CresceNet generosa. Se você quiser linkar o Cresce.Net(www.provedorcrescenet.com) no seu blog eu ficaria agradecido, até mais e sucesso. If is possible add the CresceNet(www.provedorcrescenet.com) in your blogroll, I thank. Good bye friend.

TV de LCD disse...

Hello. This post is likeable, and your blog is very interesting, congratulations :-). I will add in my blogroll =). If possible gives a last there on my blog, it is about the TV de LCD, I hope you enjoy. The address is http://tv-lcd.blogspot.com. A hug.

Anónimo disse...

E 'vero! Ritengo che questa sia un'ottima idea. Sono d'accordo con te.
Assolutamente d'accordo con lei. Si tratta di qualcosa di diverso e l'idea di mantenere.

Anónimo disse...

Изумительная новость, как скоро ожидается поступление новенького материала и вообще стоит ожидать ?

Anónimo disse...

Hey, I am checking this blog using the phone and this appears to be kind of odd. Thought you'd wish to know. This is a great write-up nevertheless, did not mess that up.

- David